Med é pop

blog voltado para quem gosta de medicina e cultura...com temas do momento

medepopers

med é pop e esta também no:

19 de mar de 2014

HUCF realiza curso de técnicas cirúrgicas por Videolaparoscopia/VideoSutura


HUCF aperfeiçoa técnicas cirúrgicas por videolaparoscopia:

curso
Cerca de 20 cirurgiões, de várias especialidades, do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF) participaram nesta sexta-feira do primeiro curso de Endosutura. Trata-se de um aperfeiçoamento em cirurgia videolaparoscópica, ou endosutura, direcionada a médicos cirurgiões da unidade. O treinamento faz parte de um programa de aperfeiçoamento coordenado pelo diretor de Desenvolvimento Acadêmico e professor, Cássio André de Souza Vieira, e pelo coordenador do Serviço de Videocirurgia, professor Juliano Silva.


Salas do Centro Ambulatorial de Especialidades Tancredo Neves (Caetan) foram utilizadas para realizar o tratamento, minimamente invasivo estabelecido e utilizado nos principais centros médicos do país e do mundo. “Na videolaparoscopia a realização de procedimentos cirúrgicos ocorre por meio de incisões pequenas, de 5mm e de 10 mm. Em vez de utilizar os grandes cortes realizados nas cirurgias convencionais, a técnica possibilita melhora do efeito estético da operação”, detalha o professor Juliano Silva, que acompanhou médicos e residentes do HU.
Como funciona - Ministrado pelo médico belo-horizontino Pedro Romanelli, o curso conta com a parceira das empresas GJO e ETHICOM Jonhson e Jonhson, que colocou os equipamentos e softwares a disposição dos profissionais para treinamento e manipulação.
Romanelli lembra que a primeira videocirurgia foi feita em 1983, na França. De lá para cá, “várias países com uma série de outras especialidades já utilizam o método, que proporciona menos sangramento e menos dor ao paciente”.
Parte dos exercícios é fundamentada em teoria, exposições e casos médicos. No segundo momento, os cirurgiões usam simuladores computacionais que criam interação entre o médico e os instrumentos cirúrgicos, que são interligados a micro câmeras introduzidas por pequenas aberturas que ampliam a visão e permitem cirurgias mais precisas.
video 2

“Já vi amostras dessa técnica em congressos e palestras, e nada substitui a oportunidade de manusear os instrumentos cirúrgicos, aliando as habilidades com carga teórica”, explica o residente do HU, Saulo Emanuel. O Serviço de Videocirurgia do HUCF conta com equipamentos de alta qualidade e já realiza cirurgias de colecistectomia por vídeo há mais de quatro anos. É o único serviço da região que oferece essa cirurgia gratuitamente pelo SUS. Para se ter ideia, 90% das cirurgias de vesícula do HU são realizadas via vídeo.
Uma das vantagens da videocirurgia é o menor índice de infecção, devido à baixa exposição dos tecidos, manobras mais delicadas e menor tempo de permanência hospitalar. . “O objetivo é que em breve possamos capacitar não só os profissionais do HUCF, mas profissionais de outras instituições hospitalares de Montes Claros-MG e reigão, tornando o HUCF em um Centro de Treinamento em Videocirurgia”, prospecta Juliano Silva.

'via Blog this'

.......... Deixe seu comentário ..........

Postagens populares

conteúdo protegido!não copie !

Protected by Copyscape Online Copyright Checker